Foto: Jonas Oliveira/Arquivo AEN

 

Áreas de instabilidade começaram a se espalhar sobre o Rio Grande do Sul nesta quinta-feira, 21 de maio, provocando chuva bastante volumosa em vários locais do estado. Em menos de 24 horas, o acumulado de chuva passou de 100 mm.  Em alguns locais, chove o equivalente a toda a média de chuva média para o mês de maio.

Confira alguns volumes de chuva elevados registrados entre 15h20 do dia 20 e 15h20 de 21 de maio de 2020, pela medição do  CEMADEN.

Alegrete/Ibirapuitã: 165,4 mm

Uruguaiana/Distrito de Uruguaiana: 153,8 mm

Quaraí/Vila José Carlos: 112,0 mm

Rosário do Sul/Serra do Caverá: 80,8 mm

Volumes de chuva em 24 horas, entre 15 horas do dia 20 e 15 horas do dia 21 de maio, registrados pelo INMET – Instituto Nacional de Meteorologia

Uruguaiana: 119,2 mm

Quaraí: 92,8 mm

São Gabriel: 76,8 mm

Alegrete: 68.6 mm

Caçapava do Sul: 68,2 mm

Dom Pedrito: 64,8 mm

De forma geral, a média de chuva em todas estas regiões gaúchas varia de 150 mm a 175 mm, de acordo com cálculos do INMET para o período de 1981 a 2020.

Frente fria em formação

Essas grandes áreas de instabilidade que crescem entre o Brasil, o Paraguai, o Uruguai e a Argentina se organizam como uma frente fria que avança sobre o Sul do Brasil durante esta sexta-feira, 22 de maio.

As nuvens carregadas vão se espalhar também sobre Santa Catarina e Paraná.  A sexta-feira é de alerta para temporais nos três estados da Região Sul.  Até o final do dia algumas áreas no centro-oeste de Santa Catarina e também no centro-oeste e sul do Paraná podem acumular 100 mm ou mais,  o que corresponde a grande parte da média de chuva para maio.

Essa chuva volumosa veio em boa hora para aliviar o grave quadro de estiagem que se observa no Sul do Brasil devido à falta de chuva durante o verão e também neste outono.

 Alerta de tempo severo no Sul do BR

(As informações são do Climatempo)

*     *     *     *     *

Acompanhe a programação da Rádio PR 41 através do portal de notícias www.paranaimprensa.com.br

Ou acesse o site da  RÁDIO PR 41 –  https://www.radiopr41.suaradio.club/

*     *     *     *     *

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Frente fria intensa chega ao Brasil

Uma frente fria de forte intensidade chega ao Brasil neste fim de semana. Com isso, as chuvas ficarão mais intensas nos estados do Rio Grande do Sul, de Santa Catarina, do Paraná e do Mato Grosso do Sul entre os dias 21 e 22 de maio.

Depois, as chuvas atingirão os estados do Mato Grosso e São Paulo no dia 23. A frente fria “precede uma intensa massa de ar frio oriunda da região subantártica a qual promoverá forte diminuição nas temperaturas a partir do dia 22 na regiões Sul e no Mato Grosso do Sul e, a partir do dia 23, no Mato Grosso, sul e centro de Goiás, São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro, friagem no Acre, Rondônia e sul do Amazonas. O aprofundamento do ciclone extratropical, associado à frente fria, deve causar ventos fortes com rajadas, intensificando-se ao longo do dia 22 em toda a Região Sul do país e em São Paulo”, informa o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), ligado ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

Entre os dias 23 e 24 de maio, estão previstos ventos no Rio Grande do Sul, em Santa Catarina até o litoral sul do Rio de Janeiro.

Também há possibilidade, mesmo que remota, de queda de neve nas serras gaúcha e catarinense entre os dias 23 e 24. O frio também favorecerá a formação de geadas, especialmente a partir da segunda-feira (25), nas serras da Região Sul e sul do Paraná, mas também em áreas isoladas do Mato Grosso do sul, São Paulo e Sul de Minas Gerais.

 

Compartilhar