Especialista afirma que com medidas menos restritivas, o turismo doméstico é alternativa para quem quer viajar

        O Brasil é um país de imensas riquezas, uma delas são as paisagens e locais turísticos, muitas vezes desconhecidas do próprio brasileiro e morador do local.

Num período de pandemia, em que restrições a viagens internacionais estão sendo impostas, além das moedas estrangeiras hipervalorizadas frente ao real, é claro que o turismo doméstico tende a crescer.

Segundo Cr.Andrade, gestor de negócios digitais e CEO da CLIKSS BRASIL, uma das maiores empresas do segmento no país, o ideal para que os municípios voltem a gerar renda é investir em marketing. “O marketing bem elaborado, voltado à exploração turística, traz muitos benefícios para os gestores de um município. Com a renda gerada, há muito mais arrecadação de recursos que podem servir para estruturar ainda mais seus municípios para receber turistas e para seus moradores”, afirma o CEO.

O marketing de cidades leva a outro patamar as ações voltadas a incluir no mapa turístico de determinada região locais pouco conhecidos ou que têm potencial para receber muito mais turistas.“Existem no país mais de 5 mil municípios, quantos deles tem o potencial para gerar renda através do turismo? Em nossos estudos, chegamos a quase 35%, e hoje apenas 7% exploram a atividade”, afirma Cr.Andrade.

Hoje, pouquíssimas cidades no mundo investem num conceito robusto de marketing, as mais conhecidas, por sua notoriedade, não praticam, aquelas que têm potencial, não conhecem o conceito e perdem recursos importantes em agências e empreendimentos que não estão preparados para esse ramo.

Mas o que é o Marketing de Cidades? Segundo a jornalista e especialistas em Comunicação Empresarial Janaína Fogaça, esse serviço se baseia em pilares da comunicação tradicional e do marketing digital. “No Marketing de Cidades, ao contrário da venda de bens e serviços, é preciso desenvolver estratégias e ferramentas que possam influenciar o público de maneira que eles queiram desfrutar do que um local turístico pode oferecer, e para isso é preciso conhecer muito bem suas riquezas locais”, afirma.

“A conjunção do tradicional com o digital, além de um plano concreto de comunicação que estabeleça ações perenes para que o local ou cidade sejam sempre visitados e gerem renda para a comunidade e por consequência para o município, é essencial”, revela a jornalista.

A máxima de diz que para se fazer dinheiro é preciso investir dinheiro, faz todo sentido. Se as cidades do Brasil quiserem ver suas ruas e seus locais turísticos com movimento de turistas é preciso estruturar suas cidades e incluir em seus orçamentos o novo Marketing de Cidades. “Certamente, ele é a saída mais inteligente para geração de receita, uma vez que os turistas acabam injetando dinheiro na economia do local. No entanto, o trabalho precisa ser bem orquestrado para que, com as técnicas certas, haja engajamento dos poderes públicos e população para um resultado satisfatório”, conclui Cr.Andrade, da CLIKSS BRASIL.

Sobre Cr.Andrade e CLIKSS BRASIL

*Cr.Andrade é CEO da CLIKSS BRASIL, especialista em marketing digital com ênfase no planejamento estratégico e oferece serviços que possibilitam que as empresas prosperem e se diferenciem no mercado. Apaixonados por estratégias, a  CLIKSS BRASIL preza pela excelência no atendimento e na prestação de seus serviços, oferecendo soluções completas para gerar resultados para os negócios. Entre os serviços oferecidos estão a criação de sites, criação de marcas, SEO, Google Ads, Lojas Virtuais, Gestão de Mídias sociais e  Hospedagem.

Para mais informações, acesse: www.instagram.com/cr.andrade/ e visite o site da CLIKSS BRASIL https://www.clikssbrasil.com.br

(via assessoria)

Compartilhar