Pesquisas indicam que durante a pandemia as pessoas estão mais dispostas a repensar os ambientes dentro de casa e contam com auxílio de arquitetos, inclusive de forma online

                Vivemos um grande momento de mudança. Mudamos a forma de mantermos contato, mudamos as demonstrações de carinho, as comemorações e, claro, os nossos costumes de consumo. A busca por produtos e serviços online aumentou consideravelmente durante esse período de isolamento social, causado pela pandemia da COVID-19. Todos os segmentos sentiram o impacto da quarentena e muitos estão, inclusive, inovando e se reinventando a cada dia.

*     *     *     *     *

Acompanhe a programação da Rádio PR 41 através do portal de notícias www.paranaimprensa.com.br

Ou acesse o site da  RÁDIO PR 41 –  https://www.radiopr41.suaradio.club/

*     *     *     *     *

Segundo uma pesquisa da Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (Abcomm), realizada em parceria com a Konduto, o consumo de produtos pela internet aumentou cerca de 47% durante o mês de abril deste ano. Uma das categorias em destaque, quanto ao número elevado de pedidos, é a de Móveis e Decoração, o que mostra que as pessoas estão pensando e avaliando novas soluções e possibilidades para as suas casas.

O segmento de Arquitetura e Decoração é um dos que encontrou alternativas para passar por esse momento. Logo nos primeiros 10 dias de quarentena, a arquiteta Ana Johns, do escritório Ana Johns Arquitetura, dobrou o número de inscritos no seu canal, chegando a 2 mil. Este número já ultrapassa os 4 mil e 300 inscritos no momento, comprovando mais uma vez o interesse pelo segmento.

Com o crescimento no número de inscritos, vieram também pedidos de projetos online e a oportunidade de rentabilizar essa visibilidade. Ana já havia testado uma plataforma, mas como a demanda de projetos presenciais era grande, o e-commerce foi deixado de lado. Entretanto, com tantas solicitações, a arquiteta abriu seu escritório online por meio do EBANX Beep (https://ebanxbeep.com/ana-johns-arquitetura/projeto-para-apartamento-inteiro-6-ambientes-com-detalhamento-mobiliario-e-iluminacao) e tem ajudado algumas pessoas a decorar suas casas durante a quarentena.

Ana enxerga de maneira positiva essa variedade de serviço e vê muitas vantagens. “Como o projeto online tem algumas etapas a menos, é algo que pode ser feito com mais rapidez, o que aumenta a produtividade”. Além disso, a arquiteta lista vantagens como a flexibilidade de horários para reuniões, a tranquilidade de ter um projeto em andamento mesmo dentro de casa e, também, a possibilidade de contratar um profissional de outras cidades, já que o contato é online.

Os serviços que o escritório oferece no momento podem ser de projetos ou consultorias. Vale lembrar que a distância traz algumas limitações. “Eu não consigo acompanhar completamente uma obra à distância, então em casos de projetos com muitas mudanças, o cliente pode precisar de um arquiteto ou engenheiro para acompanhar, mas podemos pensar na transformação toda”, diz Ana.

Entretanto, a procura maior é por projetos pequenos e consultorias, os quais o próprio cliente coloca a mudança em prática. Um exemplo foi a consultoria para o estudo da melhor forma de trabalhar com a colocação de uma série de quadros na parede de um quarto. A cliente já possuía os quadros e mandou para Ana as medidas da parede e dos quadros, com fotos de cada um e a quantidade. A arquiteta elaborou um projeto harmônico, combinando cores e formas, e encaminhou para a cliente, que o colocou em prática e adorou.

Os quadros que a cliente já possuía

Outro projeto realizado pela Ana foi a de um quarto de apartamento. A cliente já possuía os móveis, mas queria mudá-los para um cômodo maior, no mesmo imóvel. Como ela não planejava gastar com novos móveis, com a ajuda da Ana, ela conseguiu organizar o ambiente de forma que ficasse espaçoso e aconchegante, do jeito que queria. “Já era o lugar que eu mais passava tempo em casa, agora que ficou mais gostoso não vou querer mais sair daqui”, diz a cliente.

Todo o processo e elaboração do projeto é feito por e-mail e pelo WhatsApp. Antes de dar início, o cliente preenche um briefing detalhado para que a profissional consiga entender as necessidades e pensar em soluções mais assertivas. Além disso, ela pode solicitar fotos e medidas do ambiente em questão. “A forma de comunicação com cada cliente vai depender do tipo de projeto contratado, mas sempre é possível mandar fotos, vídeos e até fazer vídeo-chamadas”, conta a arquiteta. Caso tenha algum material a ser apresentado, as reuniões pelo computador são ideais, pois facilitam a exibição e explicação das soluções apresentadas.

(via assessoria)

*     *     *     *     *

Acompanhe a programação da Rádio PR 41 através do portal de notícias www.paranaimprensa.com.br

Ou acesse o site da  RÁDIO PR 41 –  https://www.radiopr41.suaradio.club/

*     *     *     *     *

Compartilhar